Notícias da Paróquia › 15/08/2020

O testemunho de vida para Deus e para o próximo: vocação para vida consagrada

Firmes na missão, os consagrados a vida religiosa estão a serviço do Povo de Deus por meio da oração, das missões, da educação e das obras de caridade. São exemplos que sim, é possível viver uma vida evangélica, consagrada, mesmo com um mundo cheio de excessos.

“Vida Consagrada: a beleza da pertença a Deus em suas diversas expressões” – Vatican News.

O testemunho de vida para Deus e para o próximo: vocação para vida consagrada

Desde os começos da Igreja Houve homens e mulheres que, pela prática dos conselhos evangélicos, propuseram-se a seguir a Cristo com mais liberdade e imitá-lo mais estreitamente e, cada um a seu modo, levaram vida consagrada a Deus. (Vaticano II, PC 1)

Esta vocação é repleta por pessoas que enriquecem as comunidades, elas buscam viver intensamente os votos de castidade, obediência e pobreza. São testemunhos vivos do Evangelho.

Vamos conhecer o testemunho de vida de uma consagrada!

Eu me chamo Irmã Sueli Rocini, tenho 42 anos, pertenço ao Instituto das Missionárias do Coração Imaculado de Maria e tenho 17 anos de vida religiosa. Meu chamado aconteceu durante a catequese em minha cidade de origem, Pereira Barreto- SP.

Sempre fui muito curiosa em conhecer mais as coisas da igreja, na minha cidade houve uma semana vocacional onde pela primeira vez vi uma religiosa (freira) de perto. Então, fui conversar com o padre para que realizasse comigo um discernimento vocacional, pois com esse acompanhamento poderia descobrir qual seria minha vocação.

Quando fiz minha primeira eucaristia senti o chamado a vida religiosa, por ter apenas 15 anos na época fui discernindo o chamado nos encontros vocacionais. Neste tempo de discernimento me engajei nas atividades pastorais da igreja: catequese, liturgia, música e grupo teatral jovem da paróquia.

Mas, como me encantei com a vida religiosa? Como as jovens de hoje, eu não tinha noção do que era a vida religiosa, sentia medo, mas ao mesmo tempo existia uma certeza que queria ser religiosa. O acompanhamento com um diretor espiritual me ajudou muito.

Completei o segundo grau, então era o momento de decisão: qual caminho seguir? Meu sonho era ser missionária, o padre me apresentou várias congregações com carismas diferentes e foi nessa ocasião que conheci a congregação da qual faço parte. A alegria das irmãs nos trabalhos no colégio, na formação e evangelização nas paróquias me atraiu.

Hoje, ser religiosa é ser outro Cristo no mundo, principalmente na sociedade atual oferecem tantos caminhos, assim como, no cotidiano da vida, seja no colégio ou seja na pastoral. Viver a alegria de ser de Deus e se desgastar pelo Reino.

Entrei na vida religiosa com 23 anos decidida a servir a Deus e sendo consagrada totalmente a Ele. Fui enviada pelo padre Edvaldo Calazans e pelo padre Luiz Rogério Morelli em 2002 da Paróquia São João Apóstolo e Nossa Senhora das Dores.

Minha congregação tem a sua fundação em José Bonifácio – SP, que foi fundada em 1974 pelo servo de Deus Ângelo Angioni, missionário italiano. Estamos presente na diocese de São José do Rio Preto no colégio Santo Antônio e também na pastoral da Basílica. Em José Bonifácio é a sede e a casa geral e em Cuiabá – MT onde estou atualmente é a casa de missão.

Para você jovem que pensa na vida religiosa, não tenha medo de dizer sim ao chamado que Deus faz a você. Venha nos conhecer!

Contatos: Colégio Santo Antônio, na rua Fritz Jacobs, 1134, Boa Vista, São José do Rio Preto Telefones: (17)3222-6857/ (17)99716-3636 Ir Isilda, email: Isilda.cim@terra.com.br

Casa de missão em Cuiabá –MT. Telefones: (65)3321-6474/(17)99776-5814 Ir Sueli, email: irsuelicdm@outlook.com

Karina Catelan

Imprimir