Highslide for Wordpress Plugin
Homilias › 30/01/2017

4º DOMINGO TEMPO COMUM ANO A

4º DOMINGO TEMPO COMUM

ANO A

Bem – Aventuranças

 

A mãe assistindo TV, o pai numa mesa fazendo a contabilidade e finanças do mês e o filho, o menino mais irrequieto do que nunca, corria de lá pra cá, gritava, bagunçando o ambiente.

O pai pede pra mãe dar jeito no menino – A mãe: “ Já cuidei dele o dia todo, cuide um pouco você!´´

O pai resolveu arranjar-lhe uma DISTRAÇÃO.

Viu um MAPA MUNDI numa folha do Jornal, rasgou em pedaços e propôs ao filho compor o MAPA à MANEIRA de um QUEBRA-CABEÇA.

A criança ainda não frequentava a Escola, iria levar muito tempo para compor o quebra-cabeça.

Para SURPRESA DO PAI no prazo de pouco minutos o menino lhe entregou pronto o quebra-cabeça.

O pai coçou a cabeça, era inacreditável e perguntou ao filho como decifrara tão rapidamente a tarefa.

O menino respondeu:

- Eu vi atrás do mapa a figura de um homem: fui ajuntando os braços, as PERNAS, os PÉ e … Só foi desvirar a folha e o mapa  estava feito. Construindo  o Homem se constrói o mundo.

Assim são as leitura bíblicas de hoje – a gente não consegue entender como Jesus apresenta as Bem-aventuranças que supõem tal inversão de valores e critérios humanos que é quase impossível entende-las com a lógica deste mundo.

Olhando de relance é um ideal tão alto e profundo que o homem terreno e CARNAL não pode atingi-lo: por isso se sente forçado a tachar, Jesus de CÍNICO e MASOQUISTA.

A FELICIDADE do pobre não pode ser sua pobreza onde já se viu ?

A felicidade – pobre – A POBREA DO ENFERMO / PERSEGUIDO / o SOFRIMENTO.

DO ENCARCERADO- AS GRADES DA CELA DO MÁRTIR o seu TORMENTO.

Onde já se viu ? Nunca!

Bem-aventurança quer dizer FELICITAR O OUTRO / DESEJAR-LHE FELICIDADE / afirmar que é felizardo.

Como dizer que é Feliz o POBRE / o MANSO QUE SÓ APANHA / o QUE TEM FOME / o PACÍFICO / o PURO / o PERSEGUIDO / o CALUNISTA / o MISERICORDIOSO?

Como exultar de alegria diante disso tudo?

As palavras de Jesus falam de perseguição, de choro, de ausência, de paz, de injustiça, de calúnia e de insultos. Coisas que provocam o sofrimento no homem, porque são coisas negativas. A palavra de Deus é palavra de Deus e precisa ser proclamada / anunciada / falar a todos.

Cristo certamente não abriu a boca para zombar dos pobres dos infelizes. Não!

Se Ele os proclamou, felizes é porque “ são mais amados de Deus´´, não porque, doentes, perseguidos, caluniados.

Mas é nisso que consiste a felicidade de alguém “ ser mais amado´´ por Ele.

Falar em PREFERIDOS DE DEUS pode parecer uma Heresia.

Se Deus é Pai porque haveria de ter preferencias? A Bíblia diz que “ DEUS não faz distinção de pessoas? (At 10,34) como então?´´

Nós HUMANOS sim gostamos de estar rodeados de nossos preferidos, de algumas pessoas que suscitam nossa preferencia e outras provocam a nossa REPULSA e até DESPREZO.

Basta olhar a nossa sociedade e ver de um lado estão as preferidas: PESSOAS BONITAS / BRANCAS / INTELIGENTES / RICAS / CULTAS / SAUDÁVEIS / PODEROSAS / EXTROVERTIDAS / INTERESSANTES / INFLUENTES / FAMOSAS.

Do outro lado: sentimos REPULSA / DESPREZO pelas PESSOAS FEIAS / ANALFABETAS / POBRES / IGNORANTES / DOENTES / FRACAS / INTROVERTIDAS / CHATAS / DESPRESTIGIADAS / ANTIPÁTICAS / SEM NOME / INSIGNIFICANTES.

Quem vai preferir a companhia de uma pessoa feia e chata , se é possível fazer-se acompanhar por alguém bonito e interessante?

Quem vai preferir a companhia de uma pessoa feia e chata, se é possível fazer-se acompanhar por alguém bonito e interessante?

Quem vai oferecer EMPREGO a uma pessoa feia, negra, insignificante se existe uma pretendente bonita, branca, perfumada, famosa?

O contratante é claramente visível e se sente logo.

Na Bíblia e diante de tudo isso é possível entender a preferencia de Deus. Ele escolhe sempre os REJEITADOS e MARGINALIZADOS. Ele não tem peso nenhum. São seus filhos e um pai não gosta de ver um filho seu sofrendo.

É sempre objeto de injúria, calunia, perseguição e mentira.

Já que o mundo não os quer, Deus os escolhe como preferidos.

São os que sofrem que MELHOR entendem os que sofrem.

            São felizes porque melhor COMPREENDEM, ASSUMEM, PARTILHAM, SÃO SOLIDÁRIOS, ENTRAM EM COMUNHÃO, COM DEUS e com os outros.

Quem já foi VÍTIMA de PRECONCEITO e do RACISMO deve ter condições de acreditar / dedicar / lutar / para criar um mundo novo que Jesus chama de Reino de Deus quem perdeu a saúde, alguém, endividado, injustiçado e excluído.

Para esses Jesus será Rei. O mesmo ocorre com quem foi REJEITADO, HUMILHADO E MARGINALIZADO: a triste experiência de vida os faz compreender o desejo divino de criar um MUNDO DIFERENTE.

Deus conta com eles (os preferidos) não porque são os MELHORES e SUPERIORES, mas por terem condições humanas e EXISTENCIAIS (na própria pele) para PERCEBER o PROJETO DE DEUS para melhorar a vida da humanidade.

Jesus é tão realista que não apela para a conformidade – Ele mesmo sentiu na carne estas nove situações: POBRE / SOFREDOR das Bem-aventuranças.

Não se lamentou, mas apresentou um PROGRAMA para vencer o mal com o Bem. Encheu-se de ESPERANÇA mostrou que a PROVAÇÃO não será capaz de esmagar os cristões, embora seja dolorosa, mas dá para ERGUER A CABEÇA.

Não é um Beco sem saída. Exemplo: associação antialcoólica / louco cura outro louco / bêbado, drogado cura drogado / família de drogado, Amor Exigente / clube de mães / Velório / depressivo / creche / mãe outra mãe / Oficina de costura / Vicentinos / Filhos do Céu.

GRUPOS DE APOIO: melhor solução / um Senhor e o aleijado/ muleta e cadeira de rodas / filho quebrou a perna / voltou para pedir ao aleijado.

“ NÃO CUSPIR PARA O ALTO CAI NA TESTA ´´

A promessa de felicidade de Jesus não é para após morte.

Depende de nós boa parte.

Somos nós que o concretizamos nesse mundo. O que fazer para vencer o mal com o bem?

Somos corresponsáveis pela existência do mal e pela procura de solução?

Jesus deixou-se levar pelas preferencias do Pai – Ele atendeu e privilegiou a convivência com os prediletos de Deus, ajudando-os a descobrir a dignidade de Deus.

O seguidor de Cristo não é TONTO, um POBRE infeliz, mas rico grande de ESPÍRITO que com humildade, vazio de si mesmo e respondendo ao chamado de Deus escolhe os valores do Reino como Jesus o fez incansavelmente.

Assim, também nós, mesmo quem é rico tem seu coração desprendido da riqueza, compartilhando com os outros, CONFIAM EM DEUS MAIS DO QUE EM SUA CONTA BANCÁRIA ou suas RENDAS.

São acolhedores, sem autossuficiência ou paternalismo, mas abertos e humildes à felicidade de Deus PROMETE E GARANTE.

Depende de nós, ou será que nós viraremos às costas, insensíveis e deixaremos que as classes ou pessoas mais PROVADAS, sofredoras partam deste mundo sem terem experimentado o gosto da felicidade?

Pe. Sílvio Roberto dos Santos

Pároco

 

Imprimir