Highslide for Wordpress Plugin
Homilias › 16/10/2015

28º Domingo do Tempo Comum, Ano B

1ª Leitura: Sabedoria 7, 7-11
Salmo: 89 (90)
2ª Leitura: Hebreus 4, 12-13
Evangelho: Marcos 10, 17-30

 

Homilia:

  • História do Aladim e a lâmpada maravilhosa: passar a mão e o desejo é realizado.
  • Suponhamos também nós de POSSE da lâmpada do Aladim.

O que pediríamos?

Talvez riqueza/ casar/ etc.

Na Bíblia o Rei Salomão sobe a montanha de GABAON para oferecer um sacrifício e teve um sonho: poderia pedir o que quisesse: ouro/ poder/ força/ dinheiro. Mas ao invés disso disse: “Eu não passo de um adolescente/ meu pai Davi é Rei/ e eu serei substituto/ não sei como governar um povo tão numeroso. Dai me Senhor, a esse vosso servo, a SABEDORIA e um coração sábio, capaz de discernir o bem e o mal.” (I Reis 3).

A 1ª leitura é a reflexão sobre essa escolha: Salomão preferiu a sabedoria a qualquer outro bem e se tornou o homem mais rico do mundo. Junto à sabedoria são concedidos todos os outros bens.

Quem chega à conclusão que segundo a sabedoria de Deus, PERDE TUDO/ renuncia-se a tudo o que traz prazer. Mas não é verdade.

Quem cultiva a sabedoria aprende a dar o JUSTO VALOR às coisas/ nada perde/ aproveita tudo com equilíbrio e encontra a verdadeira felicidade

2ª leitura: São Paulo aos hebreus fala que a sabedoria verdadeira é a Palavra de Deus. A palavra de Deus não pode ser reduzida a PAPOS FURADOS/ viagem nas nuvens/ que cochila e dorme.

5 características da Palavra de Deus:

– É VIVA e EFICAZ: produz resultados é como a chuva que não cai em vão, não volta para cima sem antes ter fecundado a terra e produzido frutos.

– É CORTANTE E PENETRANTE: penetra até a alma de quem a acolhe com o coração humilde/ aberto e simples. ela separa às coisas colocando-as no justo lugar.

– Ela é JUÍZ: ele mesma julga todas as ações/ Ela perturba porque descobre as coisas ocultas. Enfim ela transforma!

Evangelho: Dialogo de Jesus com um jovem rico.

Inicia com uma pergunta: O que devo fazer? Como herdar? Ganhar? Porque o Reino de Deus não se compra.

Mas o jovem é RICO > tem tudo/ é perfeito/ se julga bom e o melhor.

O jovem não quer perder tempo.

Entendeu isso/ não quer esperar/ ficar ocioso. Jesus o estimula a obedecer/ a observar os mandamentos.

Ele responde que já faz isso.

O pecado não é algo a mais, mas ALGO a MENOS/ não é vantagem mas um prejuízo/ é armadilha.

Ele afirma: JÁ CUMPRO TUDO.

Ao ouvir a resposta Jesus fixou o olhar nele e o AMOU. Olha com carinho/ afeto/ mas Jesus quer que ele dê um VÔO MAIS ALTO/ mais LONGE. Jesus faz um convite DECISIVO/ dar um passo novo/ além da matéria e dos apegos.

Abandona TUDO: só almas generosas são capazes de conquistar uma MENTALIDADE NOVA.

Não é possível ser discípulo de Jesus, mesmo que ele se apaixone por nós, sem ser desprendido de sucesso, de objetos/ de honras/ etc.

Não é desprezar e nem destruir/ mas usar de forma correta. Não é dar esmola > é renunciar para partilhar e isso não é brincadeira.

Jesus não condena a riqueza, mas o perigo/ a ansiedade de acumular de forma gananciosa.

Pecado não é ser rico, mas ser RICO SÓ PARA SI.

Abrir mão para desenvolver, partilhar para que haja harmonia, pensar além de nós mesmo.

Que os bens não se tornem apego DOENTIO.

Ser rico é não ser sensível aos problemas das pessoas que o cercam/ dos outros/ do seu povo/ da humanidade.

Ser rico é não abrir o coração às dores e às alegrias dos irmãos da sua comunidade.

O jovem rico não poderá ser feliz porque ATROFIOU o seu coração e REPRIMIU seu amor: tinha consciência tranquila com Deus, mas fechados os olhos à pobreza do irmão.

Jesus alerta: é mais fácil um CAMELO (corda que amarra os navios nos cais) passar pelo buraco de uma agulha que um rico entrar no Reino (as alegrias da comunhão e partilha).

Irmãos revisemos nossas vidas e estejamos atentos aos apegos que nos impedem de experimentar as alegrias/ a partilha e vida transformada pelo Reino de Deus.

Louvado seja…

                                               Padre Silvio Roberto dos Santos,
Pároco

Imprimir