Highslide for Wordpress Plugin
Homilias › 09/09/2015

23º Domingo do Tempo Comum, Ano B

1ª Leitura: Isaias 35,4-7
Salmo: 145 (146)
2ª Leitura: Tiago 2,1-5

Homilia:

Meus irmãos queridos,

As leituras de hoje, dentro do mês da Bíblia, e Bíblia é sinônimo de um Deus que fala, orienta, consola, abre os olhos, sussurra aos ouvidos, devolve a vida, a dignidade e presenteia com sua salvação.

Na 1ª leitura, os israelitas em clima de EXILIO na Babilônia: abatidos, desanimados, se lembram dos seus parentes, massacrados, das suas casas e lavouras em chama; um povo que se tornou escravo em terras estranhas, perdeu a honra, a terra, o templo onde prestava culto, saudades da época que sua nação era respeitada, temida, cheia de poder e sua sabedoria. Agora povo reduzido a insignificantes entre as nações, povo humilhado e disperso. Quem vivendo essa situação não se sentira DEPRIMIDO?

Com essa palavra é que o Profeta começa seu discurso (oráculo) com uma MENSAGEM DE ESPERANÇA: NEM TUDO ESTÁ PERDIDO.

Aos desanimados, aos aflitos, aos vitmas de injustiças, opressão e desolação, começa o Profeta “CORAGEM” criai ânimo (alma), não tenhais mais MÊDO! Deus vem, é a recompensa de Deus! Deus vem para vos salvar. A situação inverte – uma REVIRAVOLTA:

AOS PARALITICOS – saltará como um cervo.
AO MUDO – a língua desatará.
NO DESERTO – a agua brotará em torrentes.
NA TERRA ARIDA – um lago surgirá.
NA REGIÃO SEDENTA – virá uma fonte de agua abundante…

Querem mais para quem está deprimido?

É um sinal dos tempos messiânicos: Deus está próximo (perto de vocês). A situação reverterá… Coragem!

É assim que agimos com as pessoas em nossas paroquias? Em nossas pastorais? São essas palavras que anunciamos em nossas casas? Trabalho? Escolas? Vizinhos?

Deus está perto! Deus vai agir! CREIA!

Na 2ª leitura São Tiago denuncia e aconselha. Questiona como agimos no dia a dia e em nossas comunidades: a discriminação entre ricos e pobres não pode e nem deve ser aceita como normal. Numa celebração ou reunião entra o rico, anel de ouro, jóias, roupas de marca, perfumes original, com ostentação, etc… damos-lhes o primeiro ou melhor lugar. Entra um pobre, mal vestido, roupas de camelô, perfume falso, insignificante… Vai senta no chão, na escada longe…

São Tiago pede que prestemos atenção… Pobre não é só quem não possui bem materiais; são os menos favorecidos na vida: os doentes/ os que não puderam estudar, os especiais, os que tem gênio ou temperamento problemático, os fracassados, os excluídos, os marginalizados… aqueles que não achamos “NORMAIS”… são pessoas que a sociedade deixa de lado.

Dizemos sempre: Sou amigo desse artista, desse politico… por ai vai. Nunca nos referimos: sou amigo do ZÉ NINGUEM… Sempre: “MEU FILHO / NETO é o primeiro da classe / melhor jogador /musica…

Poucos atribuem: me filho é humilde, esforçado, comum…
São Tiago afirma que Deus escolheu os pobres e humildes para sejam RICOS na FÉ e herdeiros do seu REINO > aos que o AMAM verdadeiramente…

No Evangelho de hoje trouxeram alguém, para Jesus com dificuldades de relacionamento no mundo onde vivia: “SURDO – MUDO”. Quem não ouvir o que lhe é dito, evidentemente não pode falar ou transmitir… o que não ouviu.

É portanto, alguém que VIVE ISOLADO, fechado em seu mundo. No tempo de Jesus todas as doenças eram consideradas castigo de Deus, mas a SURDEZ era considerada uma MALDIÇÃO, porque não permitia ouvir a palavra de Deus e consequentemente não podia proclama-la nas Sinagogas.

O surdo mudo, portanto, não tem condições de receber o dom de Deus, não lhe é possível penetrar o coração, é surdo espiritual também por ouvir, não celebrar a fé, não aderir a fé e nem fazer a experiência de Deus.

Ao curar o surdo mudo Jesus quis ensinar que iniciou-se um novo tempo, um novo diálogo entre o ceu e a terra.

Com Jesus todos os ouvidos são descerrados, e a palavra pode atingir o coração, podem acolhê-lo na fé e soltas a língua podem anunciar aos irmãos os feitos do senhor.

Com essa cura acontece em Jesus um encontro, um novo dialogo e uma nova compreensão dos fatos.

Alguns PORMENORES:

Alguem trouxe até Jesus o surdo-mudo. Na comunidade é preciso alguém que mleve até Jesus / alguém que se interesse / alguém que se desloca e desloca o outro / alguém que já conheceu Cristo, alguém que já fez a experiência de Cristo. Levar os surdo-mudo / alguém voltado para si / alguém fechado e excluído…

Isso é a primeira atitude: a do AMOR. Amor gera amor…

*Jesus se afasta com o surdo-mudo. A primeira experiência é a do deserto com Cristo… Isso simboliza que a pessoa já pertence ao mundo do pagão / é conduzido para Jesus a uma experiência única / verdadeiro encontro, torna-se um homem escolhido, tomado pelas mãos de Jesus…

Saliva usada: símbolo de vida > hálito respiração. Troca de dons > devolve a vida.

Jesus suspira: Espirito (PNEUMA) SOPRO VIDA do Espirito / vida nova agora MOVIDO pelo Espirito de Deus.

Tocou com os dedos: movido pelo dedo de Deus / a mão de Deus.

EFETA: ABRE-TE: é o abrir-se completamente a Cristo e à Vida Nova.

No final do Evangelho um “CORO FINAl” a multidão glorifica a VITORIA de Deus / o povo manifesta a própria alegria que vem do encontro com o Senhor, da profecia cumprida, da manifestação do poder do Senhor no milagre acontecido…

Esse grito da multidão é de reconhecimento / de gratidão / da salvação que chegou… da mudança de vida que acontece: Ele muda as pessoas / Ele valoriza as pessoas / Ele enaltece o deprimido, socorre o excluído e invalido / Ele dá atenção especial: Ele faz bem todas as coisas.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo…

 

Pe. Silvio Roberto dos Santos,
Pároco

Imprimir