Highslide for Wordpress Plugin
Homilias › 11/01/2017

1º Domingo do Advento

1º Domingo do Advento

Ano A

 26 e 27/11/2016

HOMILIA

Hoje é o 1º domingo do Advento.

Inicia-se na Igreja o Ano litúrgico. É o primeiro domingo do ano.

Advento é o tempo de espera, tempo de Vigilância.

O advento lembra-nos o tempo de espera do Senhor Jesus no A. Testamento.

Orienta-nos para a 1ª vinda de Jesus e APONTA-NOS  para a 2ª vinda de Jesus e não deixa perder a perspectiva das contínuas vindas de Deus no presente, nos ACONTECIMENTOS DIÁRIOS na história de cada pessoa e da comunidade.

O Evangelho de hoje parece querer causar TEMOS E ANGUSTIA na nossa VIFILÂNCIA cristã, mas não é essa FINALIDADE.

Não deve ser MOTIVO DE TEMOR SERVIÇAL, para nós seguidores de Cristo, mas ALERTA ESPERANÇOSO, um DESEJO ARDENTE e ALEGRIA renascida de um novo encontro com Ele.

Jesus pretendendo falar da atenção, da seriedade e da vigilância que todos deveriam ter toma um trecho de Genesis 6-8 como nos dias de NOÉ poderá ser a chegada dele, diz: Naquela ocasião, as pessoas levavam a vidinha de sempre: COMIAM, bebiam, casavam-se, davam-se em casamento NADA EXTRAORDINARIO ao ver Noé preparando a arca.

Os conhecidos de Noé desprezaram, ridicularizaram e nela não entraram, de modo que acabaram sendo tragados pelo dilúvio.

Jesus não EMITE Um julgamento a respeito da CONDUTA das pessoas no tempo de NOÉ do DILÚVIO  apenas diz que nada perceberam estavam DESLIGADOS / NÃO QUERIAM SABER.

Como hoje, nós ouvimos dizer que RELIGIÃO É COISA PARA QUANDO SE FICA VELHO.

JOVENS dizem: tenho que aproveitar minha vida = beber / transar / noitadas / namorar mil / etc…

Dar asas às paixões, impulsos, sugestões do pecado.

Quantos não conseguem ver o que está se passando ao seu lado?

Quantos acabam morrendo antes do tempo? Quantos não curtem as belezas do espírito!!!

NADA PERCEBERAM: desligados.

O mesmo no tempo de hoje Natal está aí. Nada de diferente – Tudo igual Jesus quer vir, passa pela nossa vida como a ARCA DE NOÉ e nada de diferente.

A vidinha de sempre: pernil, frangos, e leitoas, bebidas, enfeites, roupas novas, cartões e presentes, a vidinha de sempre e não perceberam, até que veio o dilúvio e arrasou a todos.

 Deus veio, foi lá 2.000 anos: O filho de Deus se fez homem virá nos fim dos tempos VEM HOJE, CADA DIA, na vida dos homens.

ADVENTO está sempre acontecendo.

É melhor se perguntar – Quando ele está chegando em nossas vidas?

Os primeiros cristãos gostavam de dizer que Jesus em breve voltaria porque essa era à vontade? A de REVIVER a experiência CRISTO VOLTARÁ! VEM, SENHOR JESUS!

Por isso o Evangelho de hoje não é uma terrível expectativa ou TENSÃO DE SUSPENSE como filme de TERROR. Para quem tem FÉ é ficar de olho, FELIZ EXPECTATIVA para ver como Deus se manifesta. Aproveitar o TEMPO ficar de olho aberto para não se deixar SURPREENDER, mas acolher a HORA da graça, a HORA de Deus.

Para que todos possam entender Jesus explica mediante fatos antigos e recentes, numa linguagem que chama a atenção para se dar a devida importância, e termina falando da prontidão.

VIGIAR! O que é VIGIAR?

Não se deve ser uma atitude de Policial, mas ser SOLIDÁRIO.

Vocês não podem vigiar ao menos uma hora comigo?

Ser solidário com ele Solidário é ser LUZ, é aguardar um final feliz é preparar um final feliz, é estar em PRONTIDÃO para receber uma AGRADÁVEL VISITA.

É Deus quem marca a hora.

Você adquiri a passagem a hora quem marca é Deus.

Vigilância é um alerta: Ele vem! É certeza!

Não se trata de um DESAGRADÁVEL IMPREVISTO, mas de uma FELIZ SURPRESA.

Por isso Advento é razão para se viver, amar, e esperar apesar do DESENCANTO E CANSAÇO DA VIDA.

Advento é a iniciativa constante do próprio Deus vindo ao encontro do homem ao qual confia uma tarefa inacabada: ou seja, para o homem a construção do mundo e do homem NOVO.

Deus será a extensão dos nossos esforços, o alongamento do nosso trabalho, concretização dos nossos ideais.

Lutamos por causa dele e confiando plenamente nele.

TEMOS QUE ESPERAR AGINDO.

Isso não é diversão.

Nem improvisações.

É preciso abrir espaço para Deus.

Abrir os olhos, acordar para Deus.

Não significa fazer nada de extraordinário e ESTRANHO.

São atitudes simples.

  • Dar de comer – fome

  • Dar de beber – sede

  • Dar de vestir – nus

  • Dar água – sede

  • Acolher sem moradia

  • Cuidar dos enfermos

A vigilância para o cristão é algo absolutamente possível, se dormimos, ACORDEMOS, ELE VEM!

Louvado seja nosso senhor…

Pe. Silvio Roberto dos Santos

Pároco.

 

 

Imprimir